domingo, 3 de janeiro de 2010

Damário Peruzzo - (meu Trisavô paterno)

DAMÁRIO PERUZZO,  pertencente à uma das Famílias mais ricas da Europa nos anos 1.300,  formada por Banqueiros, a Familia Peruzzo, é nativa de Florença, conhecida desde o século XII, segundo alguns historiadores. O sobrenome vem da dinastia "dos Petrus".  São mencionadas por Dante Alighieri no décimo sexto canto da Divina Comédia, e afrescos de Giotto na capela particular em sua Santa Croce em Florença. Sua fama era ligada ao comércio e aos bancos e foram uma das famílias mais ricas da Europa.  Uma das famílias mais ricas da Europa.

Sua riqueza foi significativamente reduzida em outubro de 1343, na sequência do não pagamento do empréstimo feito ao Rei Edward III da Inglaterra, quando este declarou guerra a França. Uma soma vultosa de 900.000 florins em ouro. A familia não ficou falida pois pegou parte dos emprestimos em terras e Castelos.  (Ver SAGA DA FAMILIA PERUZZO)

DAMÁRIO PERUZZO, nascido no ano de 1.833 e falecido no ano de 1901, na cidade de Cimettà, Treviso, Região do Vêneto Oriental, na Itália. Carregou o sobrenome de Peruzzo, por erro de escrivãos.

Os italianos nessa época passavam por momentos difíceis, pois a itália estava na luta sobre a sua futura estrutura. A monarquia, na pessoa do rei do Piemonte-Sardenha, Vítor Emanuel II, apoiado pelos conservadores liberais, teve sucesso quando em 1859-1861 se formou a Nação-Estado, derrotando os partidários de esquerda, republicanos e democráticos, que militavam sob Giuseppe Mazzini e Giuseppe Garibaldi. A desejada unificação da Itália (até então a Itália era formada de pequenos Estados, dirigidos por nações Estrangeiras), se deu assim sob a Casa de Sabóia, com a anexação ao Reino de Sardenha, da Lombardia, do Vêneto, do Reino das Duas Sicílias, do Ducado de Módena e Reggio, do Grão-Ducado da Toscana, do Ducado de Parma e dos Estados Pontifícios. Mas, mesmo com a vitória, as guerrilhas e discordância continuaram por longos anos, fazendo com que o sofrido povo italiano buscasse melhores lugares para se morar.

DAMÁRIO PERUZZO, casa-se então com ANGELA CARDUCCI, no ano de 1853, esta, nascida na cidade de Cimettà, Treviso, Região do Veneto, no ano de 1836, e falecida na mesma localidade no ano de 1912. Tiveram muitos filhos, como tradicionalmente acontecia na época. Um desses filhos o meu Bisavô LUIZ CARDUCCI PERUZZO(I).

LUIZ CARDUCCI PERUZZO(I), nascido no ano de 1865 na cidade de Cimettà, Treviso, Região do Vêneto Oriental, na Itália e falecido no ano de 1943, já no Brasil, na Região de Ribeirão Preto, por viver no período factídio que a Itália passava, resolve vir para o Brasil, após o seu casamento com a srta EUGENIA PASCON CAMOLESE, ocorrido no ano de 1887.

Minha Bisavó, EUGÊNIA PASCON CAMOLESE. nascida na cidade de Cimettà, Treviso, Região do Veneto, no ano de 1869, e falecida no ano de 1948, na cidade de Ribeirão Preto-SP, era filha do sr ANGELO CAMOLESE, nascido por volta do ano de 1836 na mesma região e falecido por volta do ano de 1912 e de dona ROZA PASCON, minha Trisavó, nascida no ano de 1837, na mesma região e falecida em 1910, na Itália.

LUIZ CARDUCCI PERUZZO e dona EUGÊNIA PASCON CAMOLESE CARDUCCI PERUZZO, chegam no Brasil, no Porto de Santos em 1890, dirigindo-se em seguida para a Região de Ribeirão Preto, onde nasceram seus filhos.

Tiveram 5 filhos,  ANGELO,  AQUILES,  ESTELA,  PALMIRA e minha avó ALBINA PASCON CAMOLESE CARDUCCI PERUZZO, nascida no ano de 1896 na cidade de Ribeirão Preto, onde também casa-se com o imigrante italiano ADOLPHO PENTIARO PASCINI TORAZZI, nascido no ano de 1887, na cidade de Rovigo, em Vêneto, Itália e filho primogênito do sr ANACLETO PASCINI  TORAZZI de sua esposa ÍTALA SECONDA PENTIARO, e falecido na cidade de Assis, estado de São Paulo, no ano de 1940.

O casal PASCON CAMOLESE CARDUCCI PERUCCO PENTIARO PASCINI TORAZZI, Teve 5 filhos: Alberto, Sebastião, Verônica, Apparecida e Oswaldo (ver a saga destes, em suas biografias neste Blog e nas sagas das familias abaixo)

ver: SAGA DA FAMILIA CARDUCCI
       SAGA DA FAMILIA PASCON
       SAGA DA FAMILIA CAMOLESE
       SAGA DA FAMILIA PENTIARO
       SAGA DA FAMILIA TORAZZI





Nenhum comentário: