domingo, 3 de janeiro de 2010

SAGA DA FAMILIA BORTOLETTO

Bortoleto, Bortoletti, Bortolotti, entre outras..........

L´origini dei cognomi Bortoletto


Versão:

A origem dos sobrenomes Bortoletto, Bortoleto, Bortoletti, é absolutamente Veneto. Todos derivam, diretamente ou através de alteração ou acréscimo de Bártolo, nome medieval, ou Bortolus e Bertolus, e temos um exemplo em documentos medievais escrito em latim:

"... super venit filius Postquam Bártolo predictus dicti Sanctis ...", "... Bertolus filius quondam Petri de Ceronibus, Zeninus Dictus de Cuchetus Busch ,..." e, em Trento em 1149, lemos: "... domínios spectabiles notarii Bortolus Nicolini et de prašo Honorato Félix de Bono tanto Iudicariarum ...", ou por alterações como esta em um ano Donationis Cartulaire 1165 em Pavia:" Anno incarnatione ab Domini nostri Jesu Christi milésimo centésimo sexagésimo quinto, quarto septembris die mensis, o dízimo Tercia indictione. Tibi Ottoni de Bibiano, filio quondam Rufini, nos Bertolottus, item filius quondam Rufini de Gumberto, et Sigebaldus, Pater et Filius, qui sumus ex Nacion nossos professo lege Longobardorum vivo, ipso meo pai mihi consentiente et subter confirmante, amigos e benecupientes tui atque donatores presentes presentibus dicimus ...".

Traços destes sobrenomes, encontramos por exemplo, no segundo semestre de 1700 no Trentino com o Conde Lodovico Bertolazzi de Trento e na Valtellina onde Andrea Bertola foi Santino de Bianzone e decano da comunidade maravilhosa de Bianzone para o ano de 1796

VILLA DRAGHI BORTOLETTO

Nel catastico del 1781 risultano proprietari della casa, di fondi e di casoni i Prezzato. La villa è ritenuta del 1700, ma la profusione di decorazione in facciata e le triplici trifore sovrapposte fanno pensare al gusto del 1600. Nel 1876 la proprietà passò da Alessandro Dal Vasco fu Nicolò alla Sig.ra Caterina Savoldelli in Draghi. Nel 1900 fu di Piva, Boato e quindi Bortoletto. Il complesso tutt’ora dei .................

Versão
Villa Drago BORTOLETTO

No cadastro de 1781 os proprietários da Villa (casa), são os Casoni. A moradia é considerada de 1700, mas a profusão da decoração da fachada e da construção com tripla camada, recordam o gosto dos anos de 1600. Em 1876, a propriedade passou para Alessandro Dal Vasco de Nicolò, e foi da Sra. Catherine Savoldelli de Draghi. Em 1900 foi de Piva, e em seguida pertenceu aos Bortoletto. O complexo ainda pertence a família, desde 1901.


Um pouco de história

Os italianos tiveram uma época muito difícil no sécuco XIX, pois a itália esteve em luta por sua futura estrutura, durante décadas. A monarquia, na pessoa do rei do Piemonte-Sardenha, Vítor Emanuel II, apoiado pelos conservadores liberais, só obteve sucesso quando em 1859-1861 se formou a Nação-Estado, derrotando os partidários de esquerda, republicanos e democráticos, que militavam sob Giuseppe Mazzini e Giuseppe Garibaldi. A desejada unificação da Itália (até então a Itália era formada de pequenos Estados, dirigidos por nações Estrangeiras, França, Espanha, Inglaterra), se deu assim sob a Casa de Sabóia. Mas, mesmo com a vitória, as guerrilhas e discordância continuaram por longos anos, fazendo com que o sofrido povo italiano buscasse melhores lugares para se morar.


Muitas familia decidiram sair da Itália e vir para o Brasil, pois após a Libertação Escravocata, o País estava necessitando urgentemente de trabalhadores com conhecimentos (agricultores, pedreiros, marceneiros, etc...) e o governo brasileiro, muita propaganda fez, inclusive dando as passagens gratuitamente aos imigrantes, além de serem beneficiados posteriormente com a compra de terras muito baratas.


Os navios saiam da Itália abarrotados de familias querendo um futuro promissor, mas não sabiam o destino que chegariam. Muitas familias foram separadas ainda na Itália, no Porto de embarque, já que o destino de cada navio era diferente: Uns desembarcariam em Santos, outros em Paranaguá, outros em Niteroi, Florianólolis, Vitória, Porto Alecre, etc...

Mesmo após o desembarque no Brasil, ainda seriam separados, pois uns iam para uma cidade e outros para outras cidades, conforme a necessidade de serviços em cada localidade.   

Minha Família:

LUIGI BORTOLETTO, meu Tataravô, nascido em 30/04/1813, na cidade de Resena, Treviso, Itália,  casa-se no ano de 1.847 com a sra.  LUCIA MAGATON,  nascida na mesma região no ano de 1.814.  Desse casamento nasceram os filhos:

ELIODORO MAGATON BORTOLETTO,  (meu tio-trisavô), o filho mais velho, nascido no dia 14/08/1849, casado com a sra Maria Bordignon Borsato, filha de Liberalle Borsato e Antonia Bordignon, nascida em 04/05/1852, tem o filho Giosuá Bordignon Borsato Magaton Bortoletto, nascido na mesma cidade dos pais, no dia 29/08/1873, chegaram no Brasil em 27/01/1897..

CANDIDA MAGATON BORLETTO,  (minha tia-trisavó),  a filha caçula, nascida em 12/06/1859, casada com o sr Paolo Bonato Prosdocimi, filho de Alessandro Prosdocimi e Domenica Bonato), nascido em 07/05/1855, teviram as filhas Maria Magaton Bortoletto Bonato Prosdocimi, nascida em 09/04/1878 e Alessanda Magaton Bortoletto Bonato Prosdocimi, nascida em 05/04/1882, na Itália, mesma região dos pais,  chegaram no Brasil em 27/01/1897.

MÁSSIMO MAGATON BORTOLETTO,  (meu trisavô),  nascido em  13 de abril 1853 na cidade de Resena, Treviso, Itália, casa-se em Loreggia-Padova em 25 de novembro do ano de 1877,    com a  sra  ANGELA BARETARI BASSOnascida em 12 de julho de 1858,  ela, filha do casal GIACOMO BASSO e de dona AURELIA BARETARI, (veja história desses na SAGA DA FAMÍLIA BASSO E BARETARI).  Chegaram ao Brasil em 27/01/1897, ele com 43 anos de idade e ela com 38 anos. Veja no aquivo abaixo o registro de número 49.050 do livro 57 página 185, referente a chegada da família. 



Chegaram ao Brasil em 27/01/1897, no navio AGORDAT,  e desembarcaram no Porto de Santos,  hospedando-se na Hospedaria São Paulo, conforme registro datado de 11/02/1897, (clique aqui  e veja),  dirigindo-se para RIBEIRÃO PRETO-SP,  na Fazenda do Dr. José Feliciano .


Os filhos de Máximo Bortoletto:  (Alguns casaram e continuaram morando na cidade de Ribeirão Preto, outros se mudaram para o interior de São Paulo, (Olímpia, Assis, Orlândia, etc...)  e se espalharam pelo Brasil. (O meu Bisavô Augusto, mudou-se para a cidade de Olímpia e depois para Assis/Candido Mota-SP,  onde comprou uma fazenda)).   São eles.


Ermínia (direita) e as irmãs, Clementina, Maria e Lúcia

1. Ermínia Baretari Basso Magaton Bortoletto,  (minha tia bisavó),  nascida em 15 de abril  de 1880 em São Martino di Lupari, Treviso, Veneto, Itália e faleceu em 18 de agosto de 1964 em Olímpa-SP, onde está enterrada.. Chegou ao Brasil em 27/01/1897, com 16 anos de idade.  Casou-se com Emílio Gioachin em 14 de setembro de 1901,  na cidade de Jardinópolis-SP, ele, filho de Pietro Gioachi e Maria Ortolan, nasceu em 14/09/1876 e faleceu em 06/11/1939 em Orlândia-SP.  Tiveram os filhos:         



1.1-- Genoveva Joaquim Bortoletto, nascida em 29/05/1917, na cidade de Santa Cruz das
Palmeiras-SP,  e falecida em 31/05/2006 na cidade de Araraquara-SP.  Casou-se em 05/09/1936 em São Joaquim da Barra-SP,  com o sr Antonio Galdino Silverio,  ele,  nascido em 22/10/1912 em S.J.Barra-SP.  Desse casamento nasceram os filhos: Joaquim, Sebastião, Josuel, José e Aparecida.
1.1.1-- José Bortoletto Silverio, nascido em 26/12/1940 em São Joaquim da Barra, casou-se com a sra. Maria Silvério e tiveram os filhos:  Marilene, Maria de Fátima, Marcelo, Marcia, Marly, Marilza.
1.1.1.1-- Marilene Silverio, casou-se com o sr. José Laercio Barbosa, ele, filho de Benedito Galdino Barbosa e de dona Elza Barbosa.  Tiveram o filho Gustavo Henrique, nascido em 07 de setembro,  moram em Curitiba-Pr.  
1.1.1.2-- Fátima Silverio, .....Mora na Inglaterra.
1.1.1.3-- Marcelo Silvério , Mora em Ponta Grossa-Pr......
1.1.1.4-- Marcia Silvério ,  casada com o sr Mauro Oliveira,  tiveram a filha Priscila. Moram em Curitiba-Pr.
1.1.1.5-- Marilza Silvério , Mora em São José dos Pinhais......
1.1.1.6-- Marly Silvério, casou-se com Devanir dos Santos e tiveram os filhos:  Thiago e Viviane.  Moram em Curitiba-Pr.

2. Luigi Baretari Basso Magaton Bortoletto,  (meu tio bisavô), nascido em 15/01/1882 - Santa Giustina in Colle, Treviso, Itália. Chegou ao Brasil com 14 anos de idade. Casou-se com Giuseppina Squarise em 1906.  Deste casamento nasceram os filhos:
2.1-- Maria Aparecida squarise  Bortoletto, casada com Luiz Pantosi (falecido neste ano em 21/10/2014), tiveram os filhos Josefina e Carlos Bortoletto Pantosi.
2.2-- Teresa squarise  Bortoletto, casada com sr. Pedro (não tiveram filhos).  Tereza já é falecida e Pedro está casado em segunda núpcias,  mora em Brodowski-SP . (dados de 2014).
2.3-- Alcides squarise  Bortoletto, casada com Ana Spanó,  tiveram 03 filhos Maria Inês, Antonio Luiz e Ana Maria Spanó Bortoletto. (Alcides e Ana já são falecidos - dados de 2014).
2.4-- Antonio squarise  Bortoletto,  casado com Ermelinda Trentin,  tiveram  os filhos: Maria de Lourdes,  Matildes,   Geni,   Paulo Luiz,  Edson,  Edna,   e  Leonor Bortoletto,
2.4.1-.- Maria de Lourdes Bortoletto,   casou-se com o sr. Sebastião de Campos e tiveram os filhos:  Maria Aparecida Bortoletto de Campos, Silvia Helena Bortoletto de Campos e José Antonio Bortoletto de Campos.
2.4.1.1 -- José Antonio Bortoletto de Campos, casado com a sra.  Terezinha Sestari, teve o filho Matheus Sestari de Campos, que por sua vez casou-se com Luciana Flausino Paim e tiveram 02 filhas: Gabriela e Mariana.
2.4.2-.- Matildes Bortoletto,   casou-se com o sr. Hermínio Lanchotti e tiveram os filhos:  Eliana Bortoletto Lanchotti,  Edivaldo Bortoletto Lanchotti  e  Ediméia Bortoletto Lanchotti.
2.4.3-.- Geni Bortoletto,   casou-se com o sr. Aurélio Trevisan e tiveram os filhos:  José Roberto Bortoletto Trevisan, Luiz Humberto Bortoletto Trevisan, Paulo Gilberto Bortoletto Trevisan, Carlos Alberto Bortoletto Trevisan  e  Carmem Bortoletto Trevisan.
2.4.4-.- Paulo Luiz Bortoletto  casou-se com a sra. Yvonne  Rodrigues e tiveram os filhos:  Maria Elizabete Bortoletto,  Marcelo Bortoletto,  Paulo  Sergio Bortoletto  e  Regiane Bortoletto.
2.4.5-.- Edson Bortoletto,   casou-se com a sra. Amália e tiveram os filhos:  Adriana Bortoletto  e  Edson Luiz Bortoletto.
2.4.6-.- Edna Bortoletto,   casou-se com o sr. Luiz Frigeri e tiveram os filhos:  Maria Aparecida, Bortoletto Frigeri André Bortoletto Frigeri (falecido), Ricardo Bortoletto Frigeri, (falecido),   Marcos Bortoletto Frigeri  e  Lúcia Bortoletto Frigeri
2.4.7-.- Leonor Bortoletto,  nascida em 20/08/1941,  casou-se com o sr. Eurípides Garcia Leal de Souza,  na data de 20/09/1962,  tiveram 06 filhos:  Isabel Cristina, Sandra Regina, Fernando Cesar,   Luciana Leal,  Juliana Leal  e Dulce Maria Leal de Souza.
2.4.7.1-.- Isabel Cristina Leal de Souza, casada com o sr.  Vitor Hugo Rodrigues, tiveram 03 filhos:  Francine, Fernando Samuel e Fabiana Leal de Souza Rodrigues.
2.4.7.2-.- Sandra Regina Leal de Souza, casada com o sr.  José Angelo Arduini, tiveram 02 filhos:  Barbara  e  Bruno Leal de Souza Arduini.
2.4.7.3-.- Fernando Cesar Leal de Souza,  teve o filho  Arthur Martinho Leal de Souza.
2.4.7.4-.- Luciana Leal de Souza,  teve 02 filhos:  Isadora Leal Silvestre  e  Lorenzo  Leal Silvestre.
2.4.7.5-.-Juliana Leal de Souza, casada com o sr.  Carlos Alberto Ferreira, teve o filho Vinícius Leal Ferreira.
2.4.7.6-.- Dulce Maria Leal de Souza, casada com o sr.  Geraldo Venci Junior, tiveram 02 filhos:  Theodoro Leal Venci (nascido em 07/11/2011)  e  Eleonora Leal Venci (nascida em 22/07/2014).

3. Augusto Baretari Basso Magaton Bortoletto (meu Bisavô), nascido em 22/10/1883 - Camposampiero, Padova, chegou ao Brasil com 13 anos de Idade.  (veja informações logo abaixo).

4. Maria Baretari Basso Magaton Bortoletto,  (minha tia bisavó), nascida em 10/01/1886 - Camposampiero, Padova, Itália. Chegou ao Brasil com apenas 10 anos de idade.

5. Rafaella Baretari Basso Magaton Bortoletto, (minha tia bisavó), nascida em 07/10/1887 -  Camposampiero, Padova, Itália. Chegou ao Brasil com 9 anos de idade.

6. Lucia Baretari Basso Magaton Bortoletto(minha tia bisavó), nascida em 28/03/1889 Camposampiero, Padova, Itália. Chegou ao Brasil com 7 anos de idade.

7. Domenico Baretari Basso Magaton Bortoletto(meu tio bisavô), nascido em 16/01/1891 Camposampiero, Padova, Itália. Chegou ao Brasil com 5 anos de idade.

8. Ricardo Baretari Basso Magaton Bortoletto,  (meu tio bisavô), nascido em 07/12/1892 Camposampiero, Padova, Itália. Chegou ao Brasil com 4 anos de idade.

9. Clementina Baretari Basso Magaton Bortoletto (minha tia bisavó), nascida em 26/09/1895 Camposampiero, Padova, Itália. Chegou ao Brasil com apenas 1 anos de idade.


A minha outra bisavóALBINA BEGUE,   nasceu em 21 de setembro do ano de 1888, na cidade de Camposampiero, Padova, Itália. Viveu a infância em meio a turbulência do pós guerra italiano, que mesmo após a vitória, as guerrilhas e discordância continuaram por longos anos, fazendo com que o sofrido povo italiano buscasse melhores lugares para se morar. Chegou ao Brasil em 30/04/1895, com apenas 6 anos de idade, aportando em Santos-SP, do Vapor Rei Umberto, com seu irmão, Celso (28 anos),  sua cunhada, Angela (24 anos) e a sobrinha, Aída (2 anos),  e, de onde se dirigiram para as fazendas da Região de Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo.   (vejam a continuação na   SAGA DA FAMILIA BEGUE)   -  clique aqui


(Dos meus Bisavós)

Casaram-se AUGUSTO BORTOLETTO e a sra ALBINA BEGUE, na cidade de Jardinópolis-SP,  na fazenda onde trabalhavam, no ano de 1903 e tiveram seis filhos, nascidos na região, sendo que a primogenita, a sra MARIA  BORTOLETTO, nascida em 1907, nessa mesma cidade, viria ser minha avó.

Seus filhos - todos nascidos na cidade de Jardinópolis, Estado de São Paulo.

. MARIA  Begue Baretari Basso Magaton BORTOLETTO (minha avó) 
. ANGELINA  Begue Baretari Basso Magaton  BORTOLETO  
. ALCIDES  Begue Baretari Basso Magaton  BORTOLETTO  
. REINALDO Begue Baretari Basso Magaton  BORTOLETO
. AURÉLIO  Begue Basso  Magaton  BORTOLETTO  
. IDA  Begue Baretari Basso  Magaton  BORTOLETTO  

Por volta da década de 20, do século passado, o Governo Paulista, começou a incentivar a abertura de novas Terras na Região de Assis-SP, pois até então aquele lugar era inabitado, depois de Assis, tudo não passava de Florestas fechadas, (digo, norte do Paraná, Mato Grosso, Goiás, Acre, Tocantins, etc...). Sendo assim, meus bisavós decidiram mudar para as novas e promissoras Terras.

Já em 1.920, compraram uma grande Fazenda na Região compreendida entre Assis e Cândido Motta, ao qual deram o nome de Água do Cervo, onde ainda pertence a familia.

Meu Bisavô Augusto Baretari Basso Magaton Bortoletto, (que não ficava sem o seu vinho tinto), morreu quando eu ainda era muito criança, provavelmente no ano de 1973, eu acho, e minha Bisavó Albina Begue, faleceu por volta de 1976. 

Seus filhos:
      

. ANGELINA Begue Baretari Basso Magaton BORTOLETO,  (minha tia avó),  casada com a sr. Antonio Camolese,  na Fazenda Água do Cervo, em Candido Mota-SP.

 IDA Begue Baretari Basso Magaton BORTOLETTO,  (minha tia avó) - (ainda não tenho informações)

ALCIDES Begue Baretari Basso Magaton BORTOLETTO,  (meu tio avô), casado com a sra Adelina Alvato, na Fazenda Água do Cervo, em Candido Mota-SP e tiveram 2 filhas.

AURÉLIO Begue  Baretari Basso Magaton BORTOLETTO,  (meu tio avô),  casado com a sra. Alzira Alvato, na Fazenda Água do Cervo, em Candido Mota-SP,  tiveram 3 filhos:  Dorzila, Davina,  e Davi Donizete.
-  Dorzila Bortoletto (uma homenagem a minha mãe, Darcila, mas que tinha o apelido de Dorzila),   casou-se com o sr.  Paschoal Porto . (ainda não tenho informações dos filhos)
Davina Bortoletto, casou-se com o sr Antonio Bernardes,  teve os filhos:  Augusto Cesar,   João Aurélio  e Antônio Junior Bortoletto Bernardes,  moram em Assis-SP.
- David Donizete,  casou-se com .....  (ainda não tenho informações).

. REINALDO Begue Baretari Basso Magaton BORTOLETO  (meu tio avô),  nascido no ano de 1929 e falecido em 08/03/2016 (aos 87 anos). Foi casado com a sra. Maria Júlia Batistele,  residentes na cidade de Campo Grande, Mato Grosso do Sul,  e tiveram os filhos:

Marlene Bortoleto, nasceu em 08/08/1948,  casada com  o sr Waldecir dos Santos Borega, teve os filhos: Genaina Danuza Azevedo,  Weruska Bortoleto Borega  e Carlos C Boregas.
-- Weruska é casada com o sr Rhakxwell Garcia Pinto e tem a filha Gabriella Borega Pinto.
-- Genaina é casada com ..... e tem os filhos ........
-- Carlos é casado com .... e tem a filha ......
-  Clorival Jose Bortoleto, casado com a sra  Nair Carvalho,  teve os filhos: Renato e Rafaelly.  Moram no Rio de Janeiro-RJ
-- Renato, casado com.... e tem filhos ......  moram em Campo Grande-MS
-- Rafaelly, casada com.... .  moram em Campo Grande-MS
Walter Bortoleto, casado com a sra. Rosa Maria Gomes,  tem duas filhas:  Katiuscy Gomes Bortoleto e Katieny Gomes Bortoleto, residem na cidade de Campo Grande-MS.
-- Katieny
-- Katiscy
-  Maria Dulce Bortoleto,  casada com o sr Adelar José Racoski, teve os filhos: Jose Edmur de Almeida Junior e Ricardo Bortoleto Racoski.
-- Ricardo é casado com Hélida Rodrigues e tem os filhos .......
-- José Edmur ......
-  Larissa Michele Barbosa Bortoleto Lani, casada com o sr Paulo Cesar Lani,  teve os filhos......., residem em  Campo Grande - MS.

MARIA Begue Baretari Basso Magaton BORTOLETTO, minha avó, nasceu na cidade de Sarandi-SP no ano de 1907 e faleceu na cidade de Assis no ano de 1982.  Casou-se com ANTONIO JANOTTO DENADAI BUSET IGNE ROSOLEN MICHELIN GAVA, (vejam a continuação na Saga da Familia Gava  SAGA DA FAMILIA GAVA).  Foram residir na Fazenda da Pinguela, em Assis/Cândido Mota-SP,  uma verdadeira mini-cidade, construída pelo meu Bisavô João Gava. Tiveram 08 (oito) filhos, São eles:  que poderiam usar o sobrenome abaixo:.



BEGUE BARETARI BASSO MAGATON BORTOLETTO JANOTTO DENADAI BUSET IGNE ROSOLEN MICHELIN GAVA (foto ao lado: Otávio, Luiza, Judite, Dulce e Darcila)

1. Joana Gava – Assis-Sp – 1928/1928 (Prematura)
2. Lídia Gava – Assis-Sp – 1930/1935 (Apendicite)
3. Rogério Gava – Assis-Sp – 1932/1933 (Pneumonia)

4Darcila Gava – Assis-Sp – 15/03/1934 - 16/06/2010, (minha Mãe), cujo apelido  Dorzila, casada com Oswaldo Pascon Bevilacqua Camolese D'Alfonso Carducci  Peruzzo  Leconda Toracio, nascido em  26/11/1930 e falecido em 30/03/2011,   (foto do casamento, logo abaixo),  tiveram os filhos em Londrina-Pr,:
Ogair José, casado com Marta de Almeida Prado, e teve os filhos Thaís, Augusto e Marília, moram em Curitiba-Pr. 
- Waltercides Roberto, casado com Silvia Toffolo Campagnucci, e teve os filhos: Fernanda e Gustavo, moram em Londrina-Pr.
- Marcelo, casado com Tatiana Ribeiro, teve os filhos: Thíago e  Isabella, moram em Bandeirantes-Pr.
             
5. Luiza Gava – Assis-Sp - Nasceu em1936 e faleceu em 2011 - casada com Ovidio Orsi,  teve o filho:
Roberto Gava Orsi, nascido   na cidade de Cianorte-Pr, casado com Maria Orsi, Teve os filhos: Maria Luiza, Ovídio e Gabriel.

6. Judite Gava -– Assis-Sp - 1940 - casada com  João Roberto Martins Costa, teve os filhos:
Roberto, casado com Carla, teve os filhos Maria Júlia e João Roberto, moram em Assis-SP
Fernando, casado com Adriana, teve os filhos: Marina e Lucas, moram em Porecatu/Florestópolis-Pr
Marcos, casado com Terezinha, moram em Londrina-Pr.

7Otávio Gava -– Assis-Sp - 1943 - casado com Guiomar Gava, teve os filhos em Assis-SP: (nascidos na fazenda da Pinguela).
- Luiz Alfredo, casa-se com Suely Gava, não tem filhos.
Luíza Helena, casa-se com Maurício Ferreira de Brito, e tem os filhos: Wilk Thiene de Brito (05/10/1988), moram em Candido Mota.
Lucinéia Gava, casa-se com Mauricio Congiu, e tem a filha: Ana Carolina (03/06/1988) e Nayara Cristina (13/03/1999), e os netos, filhos de Ana Carolina: Raul Pierre e Ruan Thierry, moram em Candido Mota.
Luciano Antonio Gava, casa-se com  Rosane Ribeiro de Andrade, e tem o filho  Raul Otávio (24/03/95).  Em seu  segundo casamento com  Celia Aparecida Pires,   tem o filho: Gustavo (29/07/99), moram em Candido Mota
Leandro Gava, casa-se com..........e tem uma filha de nome Ana Laura, e, residem em Palmital -SP

8. Maria Dulce Gava – Assis-Sp – 1947 - casada com Darci de Almeida, teve os filhos, em Assis -SP:
Marcia, casada com Adão Odorizzi, teve os filhos: Cesar e João Guilherme.
Flavia, casada com José Paulo Flausino, teve o filho João Vitor


Minha mãe, Darcila Bortoletto Gava,   que nasceu em Assis-SP, aos 15 de Março de 1.934. Teve uma infância mimada. Morava na fazenda da Pinguela, mas nunca foi uma fazendeira. Tinha medo de andar a cavalo, de tirar leite das vacas, de manusear as colméias, e por isso nunca foi solicitada ao trabalho. Foi uma garota prendada em trabalhos manuais: bordados, tricô, crochê, costura e leitura.

Conheceu meu pai, Oswaldo Camolese Toracio,  também descendente de Italianos da região de Rovigo, Veneto, filho de Rodolfo Pentiaro Turazzi e Albina Camolese Peruco,   que também após a imigração para o Brasil foram morar primeiramente na Região de Ribeirão Preto e depois, quase na mesma época da família Gava, se mudaram para a cidade de Assis-SP.  Conheceram-se em uma festa na fazenda da Pinguela em Cândido Mota, onde minha mãe morava. Como a fazenda da Pinguela era muito bem estruturada, sempre havia os bailes comemorativos, e, em um desses bailes, lá estava meu pai a espreita do broto.

Casaram-se na Fazenda da Pinguela, em Assis / Candido Mota-SP, aos 14 de fevereiro do ano de 1953, Osvaldo Torácio e Darcila Gava, indo morar na Cidade de Londrina, norte do Paraná, onde tiveram 03 filhos, Ogair (eu)_, Waltercides e Marcelo, e aonde estão vivendo felizes até hoje.



Foto:  Igreja da Fazenda da Pinguela, onde meus pais se casaram. 





Foto dos primeiros 4 filhos dos meus avós Antonio De Nadai Gava e Maria Begue Bortoletto. Da esquerda para a direita:    (Luiza Bortoletto Gava, Otávio Bortoletto Gava, Judite Bortoletto Gava e Darcila Bortoletto Gava), esta última seria minha mãe.
Nesta foto  está faltando a caçula, Maria Dulce Bortoletto Gava.






________________________________________________________________________________
Outros Bortolettos:

Uma das primeiras familias de Bortoletto que chegaram ao Brasil,  desembarcou no Porto de Paranaguá em 20/01/1889, e continuaram a residir  na região do Paraná. São eles:

Giovanni (marido) 43 anos - Camposampiero, Padova, Itália, nascido no ano de 1.845
Virginia (esposa) 43 anos- Camposampiero, Padova, Itália, nascido no ano de 1.846
Gregorio (filho) 17 anos- Camposampiero, Padova, Itália, nascido no ano de 1.872
Nicodemo (filho) 15 anos- Camposampiero, Padova, Itália, nascido no ano de 1.874
Candida (filha) 10 anos- Camposampiero, Padova, Itália, nascido no ano de 1.879

Eles vieram da mesma cidade dos meus antepassados,  provavelmente seriam parentes,  mas foram separados quando chegaram ao Brasil.  Desembarcaram no Porto de Paranaguá  e minha família desembarcou no Porto de Santos.


PIETRO BORTOLETTO,  nascido na cidade de Pádua no ano de 1841, e GIUDITA BORTOLETTO,  nascida no ano de 1851,  casam-se em 1.870, em Pádua, na Itália e  tiveram os filhos:   REMIGGIO BORTOLETTO,  nascido em 1872,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 17 anos),   CAROLINA BORTOLETTO,  nascida em 1874,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 15 anos),  ANGELO BORTOLETTO nascido em 10 de junho de 1875,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 13 anos),  MARIA BORTOLETTO, nascida em 1883,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 6 anos)  e  MARCO BORTOLETTOnascida em 1888,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 10 meses e faleceu logo depois.   Chegaram ao Brasil,  em 27 de Janeiro de 1.889,   pelo Vapor Meduza, (Clique aqui e veja a relação de chegada),  desembarcando no Porto de Santos e se dirigindo para o interior Paulista.   Fixaram residência na cidade de  ITUVERAVA-SP, e posteriormente Igarapava-SP. 

1 - ANGELO BORTOLETTO,  nascido na Itália em 10/06/1875,  casou-se 2 vezes:  a primeira esposa  faleceu junto com a filha,  na hora do parto. Casou-se pela segunda vez com JULIA ITALIA, nascida no ano de 1890, tendo 8 filhos: José Bortoletto Primo, André Bortoletto, Rosa Bortoletto, Amélia Bortoletto, Margarida Bortoletto, Maria Aparecida Bortoletto, Izabel Bortoletto, João Bortoletto.

. José Bortoletto Primo, casou-se com Conceição Furtado e tiveram 5 filhos: Waldir, Luiz antonio,  Maria,   José, Maria Aparecida de JesusJulia Italia.
.  Waldir Bortoletto,  casou-se com Odete Florêncio e tiveram 3 filhas: Rosa Lucia Bortoleto, Adriana Bortoleto, Ana Paula Bortoleto. e tiveram 4 netos: Alana Bortoleto, Uriel Bortoleto Antinori Garcez, Maria Laura Bortoleto Brossi e Luiza Bortoleto Brossi.

. João Bortoletto Primo, nasceu em 21/04/1923,   casa-se com  Lourde Furtadoteve sete filhos,  sendo Eles: Vera Izabel, Ângelo Roberto, João Carlos, Terezinha de Fátima,  Maria de Lourdes, Renata de Cássia e  Júlia Conceição.
 João Carlos Bortoletto casado com Nilva Aparecida da Silva Bortoletto,  tiveram 3 filhos: João Carlos Bortoletto Junior, Antonio carlos Bortoletto e Claudia Roberta Bortoletto.
. Julia Conceição Bortoletto, casada com  Antonio Rotta, tendo os filhos:  Marcia Cristina Bortoleto Rotta,  Marcio Antonio Bortoleto Rotta,  e   Juliano Thomaz Bortoleto Rota, 

.  Judith Bortoletto,   (que chamávamos de vó NENA, )  casada com o Alberto Furtado (VÔ Bertinho) tiveram em Igarapava os seguintes filhos: Gilberto Bortolleto Furtado (falecido), Luis Alberto Furtado (falecido), Roberto Furtado Neto (reside em ribeirão preto), Maria Aparecida Furtado (reside em Igarapava), Vera Lucia Furtado (falecida), Ilva Donizete Furtado (Reside em Ribeirão Preto). 

 Amélia Bortoletto, casa-se com o sr Joaquim de Souza Simões,  na cidade de Igarapava,  interior de São Paulo, teve 5 filhos: Cirlei Barbosa ( reside em Igarapava-SP); Célio de Souza Simões (Igarapava-SP); Célia de Souza Simões Freitas, casada com José Domingos de Freitas Neto, mãe de Luzana Beatriz de Freitas; Lorena Tais de Freitas e Larissa Elis de Freitas (Netas), residem em Igarapava-SP); Celmo de Souza Simões ( Reside em Riberão Preto); Sergio de Souza Simões,  (Reside em São Paulo). 

 André Bortoletto,  casa-se com o sra  Dulcineia Batista,   na cidade de Igarapava-SP,   e tem os filhos: André Bortoletto Junior,   Angela Maria, Maria Elizabeth,  Olimpia   e   Luiz Angelo.  A  Maria Elizabeth Bortoleto, casou-se com o Sr  Vieira,   tem os filho: André Acácio Bortoleto Vieira.

.  Margarida Bortoletto,  casa-se com o sr  Luiz de Carvalho

.  Isabel Bortoletto,  casa-se com o sr  Geraldo Farias

.  Rosa Bortoletto,  casa-se com o sr  .......


2 - REMIGGIO BORTOLETTO,  nascido em 1872,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 17 anos),  casou-se com......... 

3 - CAROLINA BORTOLETTO,  nascida em 1874,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 15 anos),   casou-se com......... 

4 - MARIA BORTOLETTO, nascida em 1883,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 6 anos)  casou-se com......... 

5 - MARCO BORTOLETTO, nascido em 1888,  na cidade de Pádua,  (veio p/o Brasil com 10 meses  e faleceu logo depois em 1889)


Ver:

 A Biografia de alguns membros da familia, neste Blog, além da continuação da Saga da familia Bortoletto, em outras familias:   BEGHE BARETARI  BASSO MAGATON BORTOLETTO JANOTTO DENADAI BUSET IGNE  ROSOLEN MICHELIN GAVA.

        Clique em:
        Bortoletto que emigraram para o Brasil
        SAGA DA FAMILIA BASSO
        SAGA DA FAMILIA BEGHI
        SAGA DA FAMILIA DENADAI
        SAGA DA FAMILIA BUSSET
        SAGA DA FAMILIA IGNE
        SAGA DA FAMILIA ROSOLEN
        SAGA DA FAMILIA MICHELIN
        SAGA DA FAMILIA GAVA

Ps - Enviem informações:    ogair.toracio@gmail.com


18 comentários:

Alberto Furtado disse...

Prezado Ogair,

Em primeiro lugar gostaria de parabenizalo pelas informações no site, pesquisando a origem de minha familia, sou neto de Judith Bortoletto Furtado que foi casada com o meu avo Alberto Furtado (localidade Igarapava), que foi a origem qu esta descrita em seu post.

Notamos que o nome da minha Avó Judith Bortoletto Furtado não consta na relação de filhos do Sr Angelo Bortoletto e Julia Italia, meus Bisavós respectivamente.

A Dona Judith Bortoletto foi casada com o Alberto Furtado que é irmão de Lourde Furtado.

Somente como informação a Dona Judith Bortoletto Furtado (que chamavamos de vó NENA) do seu casamento com o Alberto Furtado (VÔ Bertinho) tiveram em Igarapava os seguintes filhos.

Gilberto Bortolleto Furtado (falecido).
Luis Alberto Furtado (falecido) meu pai.
Roberto Furtado Neto (reside em ribeirão preto)
Maria Aparecida Furtado (reside em Igarapava).
Vera Lucia Furtado (falecida).
Ilva Donizete Furtado (Reside em Ribeirão Preto).

Atualmente deste genealogia somos em 17 netos da Dona Judith Bortolleto e 19 bisnetos.

ESPERO TER CONTRIBUIDO.
Grato.
Alberto Furtado

Ogair disse...

(escrito por Daisy Bortoletto)

Oi Ogair!
Acredito que tenhamos parentesco, sim! tenho informações de que o meu tataravô tinha um irmão que tbem saiu da Itália, mas acabou indo p/a Argentina (tem Bortoletto em Córdoba). Qdo estive na Italia em um grupo de 28 pessoas aqui da Lapa tive um encontro com a familia Bortoletto de ZEro Branco em Trevizo (Veneto) mas as informações são um pouco nebulosas; Esta viagem para a Itália foi uma visita oficial a Istrana(TREVIZO). ISTRANA é cidade gemea da Lapa, fomos até lá junto com o nosso Prefeito concluir o gemellaggio. Ficamos em casa de amigos, amigos estes que tbem hospedamos qdo da estadia deles aqui na Lapa. Mantemos contato com muitas familias e nos tornamos amigos, inclusive estamos com um casal nesta semana visitando-nos (Ema e Roberto Gemin). imagine que Roberto e seu irmão Ugo, gostaram tanto da nossa cidade que acabou adquirindo um imovel para passarem as férias aqui. Todo ano recebemos muitos amigos da Italia.
Este ano vamos p/a Itália novamente (assim espero), te mandarei mais informações sobre a linha da família. Estou contente de saber que Pádova ( cità que Sto. Antonio escolheu como sua, seja também o berço da nossa familia.

abs

DAISY L. BORTOLETTO GALDINO(uma descendente apassionata pela sua família).

Lu Freitas disse...

Olá!!!

Venho por meio deste agradecer as informações colocadas no seu Blog, da minha vó Amélia Bortoletto!!!
Todos aqui em casa ficaram muito felizes!!!!
Obrigada!!!

Abração.

Lu Freitas disse...

Olá

Gostaria de agradecer as informações acrescidas no seu rico Blog da Família Bortoletto, e por ter colocado as informações que te enviei no email da família de Amélia Bortoletto!!!
Todos aqui em casa estão muito felizes!!!
Muito Obrigada!!!


Abração.

Anônimo disse...

Sou João Carlos Bortoletto, (IGARAPAVA) Filho de João Bortoletto Primo, Neto de Angelo Bortoletto, Irmão de Vera Isabel, Angelo Roberto, Terezinha, Julia, Maria de Lourdes e Renata. Sou Casado com Nilva Aparecida da Silva Bortoletto, tivemos 3 filhos: João Carlos Bortoletto Junior, Antonio Carlos Bortoletto e Claudia Roberta Bortoletto. Gostaria que acrescentasse em seu site no espaço que já consta nossa familia (Igarapava).Espero ter contribuido com essas informações, agradecemos

(Maria) disse...

Registros relacionados

Livro Página Família Chegada Sobrenome Nome Idade Sexo Parentesco Nacionalidade Vapor Est.Civil
________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 BORTOLETTO GIUSEPPE
41 CHEFE ITALIANA PALESTRO CASADO Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 MARIA
36 ESPOSA ITALIANA PALESTRO CASADO Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 ANNA
06 FILHA ITALIANA PALESTRO NÃO CONSTA Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 AMALIA
04 FILHA ITALIANA PALESTRO NÃO CONSTA Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 GIOVANNI
08 FILHO ITALIANA PALESTRO NÃO CONSTA Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 ATTILIO
12 FILHO ITALIANA PALESTRO NÃO CONSTA Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 BORTOLO
10 FILHO ITALIANA PALESTRO NÃO CONSTA Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 AMABILE
13 FILHO ITALIANA PALESTRO NÃO CONSTA Emitir Certidão

________________________________________
017 201 02333 21/01/1889 ALBINO
01 FILHO ITALIANA PALESTRO NÃO CONSTA Emitir Certidão

Relação da FAMILIA DO NONO ENCONTRADO NOS ARQUIVOS DO MEMORIAL DO IMIGRANTES
ESSA É A FAMILIA DO MEU PAI QUE VIERAM DA iTALIA .... SERÁ QUE TEMOS ALGUM PARENTESCO? eSTOU ROCURANDO DOCUMENTAÇÃO PARA A CIDADANIA ITALIANA - SE ALGUEM PUDER MEAJUDAR OU SE TIVER LGUM PARENTE GOSTARIA DE CONHECE-LOS ... mARIA (cidinhabortolotti@hotmail.com) - Indaiatuba - minha familia migrou-separa regiao de campinas - capivari-Elias Fausto ... nao se se fico alguem por ai ...

Andre Acacio Bortoleto Vieira disse...

Inicialmente parabens Ogair pela iniciativa.Gostaria de completar os dados de meus avós.Meu avô materno Andre Bortoletto foi casado com Dulcinéia Baptista e tiveram os seguintes filhos : Andre Bortoletto Junior,Angela Maria Bortoletto,Maria Elizabeth Bortoleto (minha mae, que tem so um T no nome),Olimpia Bortoletto e Luiz Angelo Bortoleto

Andre Acacio Bortoleto Vieira disse...

Só corrigindo o nome de minha tia,Maria Angela Bortoletto nâo Angela Maria.

Anônimo disse...

de: Giuseppe Bortoletto
O meu bisavo veio de venesa e um dos irmãos dele moreu na viagem e foi jogado no mar eu sou da 3° geração .meu bisavo passou por são paulo e morou em campo largo perto de Curitiba oppp
E veio para rebouças e des de então permanecemos no mesmo lugar
Meus pais são josé bortoletto e minga mãe gislene bortoletto meus tios hernane acir maria angelo .eu sou bisneto de Angelo bortoletto meus primos são flavio marcos alcioni bortoletto
Neto de lourenço bortoletto e de mercedes pianaro e joão bortoletto ilda mozele bortoletto

Anônimo disse...

Ola ! achei muito interessante este seu blog, porque sou uma Bortoleti e não sei nada sobre meus ancestrais, a única coisa que sei é que meu avô veio para o brasil vinda Itália ( Veneza ou Napoli) não sei ao certo, fugindo da guerra e se Chamava Ermenegildo. Porem com medo de ser descoberto, pois ele havia sido recrutado para a guerra, então ao chegar no Brasil ele adotou o nome de Luiz, que era o nome de um irmão que ele deixou lá na Itália, casou se com Amabile que também veio da Itália a qual ele conheceu ainda no porto, pois havia deixado sua namorada la ná Itália, tiveram doze filhos todos falecidos, sei que é difícil mas me sinto animada em descobrir minha arvore genealógica e minha descendência Italiana lá na Itália,

Ogair disse...

De Lautita Fila Bortoletto: Ola, tudo bem?
Estou tentando confirmar mas o Cirillo Bortoletto, é o avô do meu esposo, provavelmente,
Ele carrega o nome do avô: Edson Cyrilo Bortoletto.
Seu pai Felisberto Bortoletto, irmão de Waldomiro Bortoletto (tio do meu esposo, nascidos no Brasil).
Abraço

Matheus Campos disse...

Sou filho de Jose Antonio Bortoletto de Campos que casou-se com Terezinha Sestari Campos. Eu me casei com Luciana Flausino Paim Campos e tenho duas filhas: Gabriela Paim Campos e Mariana Paim Campos.

Ogair disse...

De Luciane Bortoleto: Sei pouco da origem do meu Bortoleto. O que ouvi dizer, pelo meu pai, é que a origem é de uma cidade chamada Istrana, no Veneto. Uma parte foi para Sp e outra para o PR.
No meu caso, os Bortoletos se fixaram na cidade da Lapa, onde sei que ainda tenho parentes (que não conheço).
O que posso te contar:
Meu pai, Ivan Campos Bortoleto, é filho de Cândida Campos Crema Bortoleto e Dionísio Crema Bortoleto.
Meu avô Dionisio era filho de Madalena Bortoleto e José Crema, tendo os seguintes irmãos: Clementino, Antenor, Josefa e outra irmã que não me lembro agora.
Sendo assim, só consigo ir até a minha bisavó, Madalena Bortoleto, embora eu gostaria muito de saber mais.

Milton Antonio Bortoletto disse...

Ogair parabéns pela iniciativa, confesso que pouco sei da origem do meu Bortoletto, nome que carrego com muito orgulho. Meu avô, Angelo Bortoletto morreu bem antes de eu nascer, por isso tenho dificuldade em saber os nomes dos meu ancestrais, ele com certeza saberia os nomes dos meus bisavós e tataravós e dentro das sua pesquisa achar algo em comum.
De qualquer forma tentarei obter alguma informação e cruza-las com algumas das suas.
Abraços

Michelly disse...

Bom dia, meu marido está tentando descobrir sobre o bisavó Domingos Bortoletto e sua esposa Amabile Bortoletto, se alguém souber algo pode me avisar?

Ogair disse...

Michely, Domingos em Italiano e´Domenico. Será que o meu tio-bisavô Domenico Bortoletto, não seria o bisavo do teu marido? Veja as, informações acima.
ps - qualquer coisa me envie email.

Unknown disse...

Muito legal sua publicação também sou Bortoletto , fiquei contente e vou pesquisar um pouco sobre nossa família

Karina Sigmar disse...

Olá Ogair!
Lindíssima asua pesquisa! Obrigada pela aula de história :)

Estou na saga da minha origem italiana.
Será que você consegue me ajudar?

Sou filha do Plinio Sigmar Bortoletto ( filho de Vicente Bortoletto e Isa Rossi). Meu pai residia na cidade de Piracicaba.

O meu grande problema é que não tenho nenhum tipo de comunicação com a família do meu pai por problemas pessoais... infelizmente :(

Será que você tem alguma informação sobre os meus bisavós ou tataravos?

Agradeço de coração desde já

segue o meu email
kacarmo10@yahoo.com.br

grande abraço
Karina Sigmar